Home > Blog > Dicas > CÃES SURDOS: SAIBA COMO LIDAR E SE COMUNICAR

A comunicação com cães surdos pode ser um pouco mais difícil que com cães totalmente saudáveis. O que não significa que seja impossível. É totalmente possível ter um cãozinho surdo, feliz, saudável e que se comunique muito bem com você.

Nesse artigo você aprende a se comunicar com cães surdos e a lidar com eles no dia a dia. Se você tem um cão surdo, seja por nascença, ou que adquiriu surdez com a velhice. Você pode ter uma vida tranquila com ele. Vale lembrar que abandono de animais é crime, por isso não se desfaça do seu cão, ele merece todo amor.

Fique frente a frente com seu cão

Fique sempre frente a frente com seu cão, ou lado a lado. De forma que ele possa te enxergar para interpretar o que você quer. No passeio use guia curta, sem ficar puxando, assim o cão fica ao seu lado enquanto consegue aproveitar o passeio.

Ao dar comandos em casa, ou mesmo durante as brincadeiras, seu cão precisa te enxergar. Portanto recursos como assobiar ou chamar de outras formas não ajudam. Atice o olfato e a visão. Deixe que ele sempre possa te encontrar com os olhos e use petiscos e brinquedos com recursos para o olfato.

Evite chegar por trás

Até com cães que escutam, não é recomendado surpreendê-los chegando por trás. Acontece que com os cães surdos o resultado pode ser pior. Como o cão não escuta, se você chega por trás ou pelo ponto cego dele, o cão pode se assustar e até chegar a morder, devido ao susto.

Evite acidentes, que podem machucar você ou o cão, além do trauma que uma mordida acidental pode ser para o dono, para o cão morder sem querer seu líder também é estressante.

Por isso não chegue por trás, e recomende as pessoas que frequentam sua casa que não façam isso. Explique que o cão é surdo e isso pode causar acidentes.

Cuidado redobrado com fugas

É preciso ter muros altos e cuidado redobrado durante o passeio com cães surdos. Acontece que se o seu cão fugir, a primeira forma de trazê-lo de volta é com barulho, chamando o cão ou fingindo um machucado. Cães surdos não vão poder ouvir seus chamados.

Por isso tenha ainda mais cuidados com os muros da sua casa se o cão viver no quintal ou tiver acesso livre a essa área. Fique atento. Tenha a coleira e guia ideal e treine para cuidar do seu cão na rua.

Se possível leve petiscos bem cheirosos durante os passeios como precaução. Para chamar seu cão no caso de fugas.

Adestre seu cão surdo

Como falamos, as coisas com cães surdos podem ser um pouco mais difíceis, como no caso de fugas. Para tomar todas as precauções possíveis, treine seu cão. Cães surdos precisam de adestramento especial, principalmente para evitar e acidentes, fugas e para que o dono possa ter controle do cão e cuidar melhor dele.

Comandos

Os comandos ensinados aqui são básicos e você pode aprender mais com um adestrador. Mas tirando meia horinha todo dia para treinar esses comandos com seu cão em casa já ajuda muito na comunicação de vocês. Vale lembrar que é muito importante recompensar o cão sempre.

  • Dois dedos apontados para os olhos

Para humanos esse gesto geralmente quer dizer que está de olho na outra pessoa, mas cães vão entender com o tempo que você quer que ele preste atenção em você.

  • Palma da mão para frente

Assim como para os cães não surdos, esse gesto quer dizer fica, ou pare. Seu cão surdo vai entender com o tempo, é preciso recompensá-lo quando ele ficar.

  • Apontar o dedo

Sempre aponte o dedo quando você quiser que ele olhe ou pegue algo. Como um brinquedo.

  • Mão aberta para cima do cão

Principalmente segurando um petisco no início. Esse gesto é o gesto do senta. E com o tempo seu cão nem vai precisar mais de petisco para sentar, apenas do gesto.

  • Mão aberta para o chão na frente do cão

Assim como para os cães que escutam, esse gesto quer dizer “deita” para cães surdos também. Você deve ensinar após o senta. E também fica mais fácil acompanhado de um petisco no início.

  • Palmadinha no seu quadril

Esse gesto quer dizer “junto” para cães surdos e também os que escutam. Fazer barulho com esse gesto costuma ajudar para os cães que escutam. Para os cães surdos um petisco ajuda. É um comando que ajuda muito na hora do passeio.

Seja sempre gentil

Ser gentil com o cão é sempre bom, mas os cães surdos precisam dessa gentileza. Muitas vezes damos palmadas nos nossos cães enquanto dizemos “bom garoto” um cão surdo não vai ouvir o elogio e pode ficar confuso.

Por isso é sempre importante tomar certos cuidados. Seja carinhoso, faça com que ele consiga te ver sorrindo para ele use tudo o que puder além da fala. Seja brincando ou adestrando, use brinquedos, petiscos e muito carinho. Cães surdos se tornam ótimos companheiros, por mais que possa parecer difícil no começo, não desista.

Informe a surdez do cão para estranhos

Quando um estranho se aproximar para fazer um carinho no seu cão. Explique que ele é surdo e que a pessoa deve primeiro estender a mão para o cão cheirar. Então o cão vai decidir se quer interagir ou não com a pessoa.

Também peça aos seus amigos e familiares que frequentam a casa para tomar cuidado na aproximação do cão e informe como você se comunica com ele para que outras pessoas consigam se comunicar bem com ele.

Interação com outros cães

É importante que desde filhote, seu cão interaja com outros animais, seja surdo ou não. Portanto, para evitar que ele desenvolva algum medo de outros cães e que consiga interagir bem com eles.

Crie momentos em que ele possa interagir com outros animais, sob supervisão de alguém de preferência. E de preferência com cães adestrados e que gostem de outros animais, assim será tudo mais tranquilo.

Fonte: vetanimal.com.br

Add comment

Copyright 2017 © Dog4fun - Desenvolvido por agência Crab Propaganda